V EBAR SUL - 2018 | 16 a 18 de novembro de 2018 em União da Vitória - PR | Moto Clube Bodes do Asfalto | Sub-Sede - Contestado PR/SC

Gêmeas do Iguaçu

O território composto pelas cidades de Porto União - Santa Catarina e União da Vitória - Paraná é conhecido como “Gêmeas do Iguaçu”.

Foi dividido em 1917, com o fim da Guerra do Contestado, pelo Rio Iguaçu e pelos trilhos da Estrada de Ferro.

Devido a geografia acidentada da região, as cidades abrigam belas cachoeiras. São dezenas de quedas d'água com altura variando entre 10 a 60 metros.

Conheça os principais atrativos turísticos das cidades:

Art Déco

Art Déco

Esta área da cidade abriga alguns prédios construídos no estilo Art Déco. Art Déco é uma manifestação decorrente da evolução e ebulição da sociedade após os anos 20. Um estilo de construção elegante, funcional, essencialmente decorativo e ultra-moderno para a época.Ganhou o nome abreviado de uma exposição realizada em Paris em 1925, a Exposição Internacional de Artes Decorativas e Industriais Modernas: ART DÉCO. O estilo ganhou o mundo nos anos subseqüentes e chegou a União da Vitória quando a cidade experimentou um período de crescimento vigoroso amparado nos ciclos econômicos da erva-mate e da madeira na primeira metade do século XX. Sua decoração está amparada no luxo e na ornamentação formal, cores discretas, formas estilizadas, geométricas. Linhas e aerodinâmica em traços gregos, egípcios e em nossa cultura, marajoaras.

Rua Carlos Cavalcante - Centro

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Cachoeira do Km 13

Cachoeira do Km 13

Lugar de fácil acesso e muito bem sinalizado. A beleza e história que envolvem esta cachoeira são um atrativo a parte para as pessoas que a visitam. Cravada entre as rochas tem ainda como atrativo uma pequena ponte férrea feita de pedras em formato de arco, assim dando a impressão que estamos entrando em um pequeno túnel.

Cachoeira do Km 13

Porto União - SC

Foto e texto: Visite União

Cachoeira do Rio Bonito

Cachoeira do Rio Bonito

A Queda de água possui uma altura de 30 metros e uma infraestrutura de Camping, restaurante e local de venda de produtos artesanais. Também é utilizada pelos praticantes de rappel.

Distrito de Santa Cruz do Timbó

Porto União - SC

Foto e texto: Prefeitura Municipal de Porto União

Cachoeira do Rio dos Pardos

Cachoeira do Rio dos Pardos

Com 72 metros de queda, local que reúne bela flora e fauna. A Cachoeira faz divisa entre Porto União-SC e Matos Costa-SC.

Distrito de Santa Cruz do Timbó

Porto União - SC

Foto e texto: Prefeitura Municipal de Porto União

Casa Cultural Aníbal Khury - Castelinho

Casa Cultural Aníbal Khury - Castelinho

Construção de 1929, possui pinturas nas paredes de cada cômodo. Localizado na Rua XV de Novembro, esquina com Rua Coronel Belarmino, centro.

Hoje o Castelinho é tombado como Patrimônio Histórico Estadual e abriga a Casa Cultural Anibal Khury, onde semanalmente acontecem exposições, tertúlias, musicais e demais atividades envolvendo a cultura regional.

Rua Coronel Benjamin Belarmino, 435 - Centro

Porto União - SC

Foto e texto: Visite União

Cine Luz

Cine Luz

A ideia para a construção de um cine teatro na cidade nasceu em 1947, com a promessa de isenção de imposto (05 anos) quem se propusesse construir um. A empresa Cine Diversões Ltda. se candidata, 03 anos depois.

Em 1951, após comprar o terreno e construir esse prédio, inaugura o cinema, com todos os seus 1600 lugares tomados pelo público.

Em 1989 encerra as atividades cinematográficas. As instalações são adaptadas para palestras e convenções. A função original, exibição de filmes, foi recentemente restabelecida. Todo o equipamento de projeção está preservado.

Rua Carlos Cavalcante, 124 - Centro

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Escola Municipal Professor Serapião

Escola Municipal Professor Serapião

Em 1913, o Governo do Paraná constrói o prédio para abrigar o “Grupo Escolar” onde hoje funciona o Grupo Escoteiro Iguaçu, no alto da Igreja Matriz de Porto União. Com o Acordo de Limites o edifício fica com os catarinenses e a escola desce a plácida colina para funcionar precariamente à Rua Carlos Cavalcanti, em frente ao Hotel Casa Verde. Em 1917 é autorizada a construção do prédio que abriga hoje a Escola Municipal. Faz parte do conjunto de edifícios que o governo do Paraná doou à cidade para consolidar o novo centro urbano depois da Guerra do Contestado. Tombado como Patrimônio Histórico Escolar Estadual e cedido ao município, suas instalações só podem ser usadas para fins educacionais. Nas festividades do seu centenário, uma Cápsula do Tempo foi lacrada com informações históricas e representativas da época. Cartas, desenhos, documentos e sonhos expressos por crianças, professoras e membros da comunidade somente poderão ser vistos de novo em 2043. O Professor Serapião do Nascimento (1847 – 1911) foi poeta, prosador e teatrólogo. Desenhou, a pedido do Cel. Amazonas, o brasão da cidade.

Praça Coronel Amazonas, 4 - Centro

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Estação Ferroviária União

Estação Ferroviária União

O projeto da Estação Ferroviária União resgata a história da Guerra do Contestado. Conflito entre governos, políticos, uma empresa multinacional e fazendeiros contra sertanejos, “caboclos posseiros” que deveriam ser expulsos da terra valorizada com a chegada da ferrovia. Em 1916 os Estados assinam um Acordo de Limites dividindo o quadro urbano da antiga União da Vitória pela linha dos trilhos da Estrada de Ferro São Paulo – Rio Grande. A construção da estação em arco e no estilo Art Déco, foi idealizada para “sarar as feridas da guerra”. Tem as bases da grande estrutura construída uma no Paraná, outra em Santa Catarina. Busca a “união” das cidades divididas. O projeto foi concebido por João W. Ficinski Dunin. É uma das estações mais belas e singulares do interior do Brasil. Possui um túnel para pedestres ligando as duas cidades. A construção foi concluída durante o Governo Vargas, em 1941.

Rua Carlos Cavalcante, 3 - Centro

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Estátua do Sagrado Coração de Jesus

Estátua do Sagrado Coração de Jesus

A estátua está localizada em um dos morros mais altos que cercam o município, a 928 m acima do nível do mar. O acesso é feito por uma escadaria de 219 degraus. A estátua possui 27 metros de altura e está fixada sobre um pedestal de 6 metros que abriga no seu interior uma capela. O Eng. Horst Moecke calculou a ferragem para garantir fundação, a estrutura e toda construção da imagem no topo do morro. A estátua era composta de peças feitas em concreto branco que vinham encaixotadas de São Paulo. Eram amarradas uma a uma e depois cimentadas. O antigo Morro do Fritz, na propriedade dos Caetano, agitou-se em festa no ano de 1968. O Prefeito Domício Scaramella inaugurou a estátua do padroeiro da cidade, ainda hoje a 2ª maior imagem, na categoria, do interior do Brasil. O local oferece uma visão privilegiada dos municípios de União da Vitória – PR e Porto União – SC.

Rua Otilia Suzana Schiel, 1091 - São Joaquim

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Igreja Matriz Nossa Senhora das Vitórias

Igreja Matriz Nossa Senhora das Vitórias

A igreja foi uma das primeiras a se adaptar com o altar de acordo com os padrões e instruções do Concílio do Vaticano II.

Rua Frei Rogério - Centro

Porto União - SC

Foto e texto: Visite União

Marco da Divisa

Marco da Divisa

Com a notícia da chegada da ferrovia ligando São Paulo ao Rio Grande do Sul, a iminente valorização das terras acirra a disputa pelo território contestado por Santa Catarina. Políticos e fazendeiros se agitam para expulsar os “caboclos-posseiros” levando à Guerra do Contestado. Após pouco mais de meio século de disputas políticas e quatro anos de conflitos a solução para a questão de limites foi aceita em 1916. Dividiu a antiga União da Vitória a partir deste ponto sob a linha dos trilhos. Em toda a área urbana das duas cidades a ferrovia ainda faz a divisa entre os estados do Paraná e Santa Catarina.

Navegantes

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Maria Fumaça 310

Maria Fumaça 310

Construída nos Estados Unidos em 1913, a locomotiva é uma das poucas máquinas a vapor existentes no Brasil. Sua caldeira é tocada a lenha. O estoque de água e madeira fica no compartimento traseiro, chamado “tender”. A 310 fazia principalmente o trecho entre Porto União / União da Vitória e o porto de São Francisco do Sul. Em 1977 deixou a ferrovia para fazer parte da paisagem da Praça Visconde de Nácar. Lá ficou exposta 28 anos em homenagem aos ferroviários e à ferrovia que fizeram da cidade de União da Vitória a 4ª maior economia do Paraná no início do século XX. A partir de 2005 voltou aos trilhos para dar início ao turismo ferroviário.

Rua Carlos Cavalcante, 3 - Centro

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Mirante Arno Dickel

Mirante Arno Dickel

Construído em toras de eucalipto com área de 36 m², proporcionando uma excelente visão panorâmica da cidade e do Rio Iguaçu.

Avenida Coronel Amazonas - Centro

Porto União - SC

Foto e texto: Visite União

Morro da Cruz

Morro da Cruz

Um local de grande beleza e contemplação religiosa. Composto pelo Parque Monge João Maria,Grutas,Via Sacra, Mirante, onde o visitante terá uma linda vista dos municípios de Porto União - SC, União da Vitória - PR.

Rua Teodoro Kroetz, 636/914 - Cidade Nova

Porto União - SC

Foto e texto: Visite União

Parque Ambiental

Parque Ambiental

Os terrenos na área urbana da cidade abaixo da cota 744,50m em relação ao nível dos mares foram indenizados pela Copel para formar a área de segurança do reservatório de Foz do Areia. Na década de 80, parte deles recebeu tratamento paisagístico e formou o primeiro parque ambiental de União da Vitória. Foi chamado Ary de Queirós. Em 2014, a Copel decide pela ampliação do parque. O projeto prevê a integração de toda a área à paisagem urbana da cidade para a promoção do turismo, de atividades esportivas e de lazer. O Parque, agora denominado “Caminhos do Iguaçu” tem uma área total de 900 mil metros quadrados, pouco mais de 37 alqueires. Um dos maiores do Brasil localizado em área urbana de uma cidade.

O monge passou pela região na época da guerra do Contestado e fez história.

Avenida Iguaçu - Ponte Nova

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Parque Monge João Maria

Parque Monge João Maria

O Parque do Monge João Maria passou recentemente por melhorias e conta agora com passarelas de acesso ao pocinho, que por muitos é considerado abençoado pelo Monge João Maria.

O monge passou pela região na época da guerra do Contestado e fez história.

Rua Sete de Setembro - Santa Rosa

Porto União - SC

Foto e texto: Visite União

Ponte Manoel Ribas

Ponte Manoel Ribas

Inaugurada em 1944, a “Ponte do Arco” tem 279 metros. Recebeu o nome de Manoel Ribas, por ser dele a iniciativa de construir a ponte e a estrada que liga União da Vitória a Curitiba. “Simples e severo, generoso e honesto”, recebeu o apelido de “Maneco Facão” pelas demissões sumárias que fazia a funcionários públicos relapsos. A decisão de construir a ponte neste local e com saída para o morro é fruto de desavenças políticas. As obras da ponte e da estrada à capital não deveriam valorizar as terras à margem direita do rio Iguaçu pertencentes ao falecido Cel. Amazonas.

Avenida Interventor Manoel Ribas - Dona Mercedes

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Praça Coronel Amazonas

Praça Coronel Amazonas

Em 1891 os primeiros moradores aproveitaram o espaço da praça para a construção de um prado destinado a corridas de cavalos: o “Prado do Murici”. Em 1914, parte dela integrou a pista de 400m construída para os primeiros voos da aviação militar brasileira durante o conflito do Contestado.

Com o fim da guerra e a assinatura do Acordo de Limites (1916) a cidade é dividida pelos trilhos da ferrovia e a praça passa a fazer parte do quadro urbano da nova União da Vitória. Para firmar presença no lado que lhe coube pela divisão, o Governo do Paraná investe em algumas construções no seu entorno:

Catedral, escola, prefeitura e um hotel, mais tarde incendiado pelo receio de que o prédio fosse Tombado. Em 1950 a praça recebe tratamento paisagístico: os primeiros 24 bancos, um grande mapa do Brasil construído em cimento. A praça é um espaço de memória histórica. Aqui se homenageia a vida e a trajetória de um dos homens públicos mais importantes na formação e no desenvolvimento da cidade: o Cel. Amazonas de Araújo .

O monge passou pela região na época da guerra do Contestado e fez história.

Praça Coronel Amazonas - Centro

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Praça da Divisa

Praça da Divisa

Depois da Guerra do Contestado em 1916 para passar com mercadorias de uma cidade à outra era necessário pagar impostos. Neste local – ainda por muito tempo – havia uma cancela demarcando claramente a divisão administrativa entre Paraná e Santa Catarina. Na pequena guarita ficava o ferroviário que cuidava do tráfego na passagem das composições e auxiliava os maquinistas nas manobras realizadas no imenso pátio existente nas duas cidades. Na praça uma pequena marcação da divisa entre as cidades é possível colocar os pés, um no Paraná, outro em Santa Catarina.

Avenida Getúlio Vargas - Centro

Porto União - SC

Foto e texto: Visite União

Praça da Força Expedicionária Brasileira (FEB)

Praça da Força Expedicionária Brasileira (FEB)

A Praça da Força Expedicionária Brasileira (FEB) homenageia os Pracinhas que partiram das Cidades do Vale do Iguaçu para campos da Itália. São homenageados mais de 150 soldados que lutaram em campo estrangeiro durante a Segunda Guerra Mundial.

Avenida Expedicionário Edmundo Arrabar - Santa Rosa

Porto União - SC

Foto e texto: Visite União

Praça da Ucrânia

Praça da Ucrânia

A praça é resultado da iniciativa de Eugênio Covalchuk Primo, pela destinação do terreno enquanto vereador na década de 80. Nos anos 90, foi realizada uma revitalização do espaço com inauguração e entrega à comunidade. Anualmente e no dia 24 de agosto, neste local, são realizadas sessões solenes alusivas à s comemorações da Independência da Ucrânia, Dia da Comunidade Ucraniana no Brasil, Dia da Comunidade Ucraniana no Paraná e Dia da Imigração Ucraniana em Santa Catarina. O bicentenário de nascimento de Tarás Schevtchenko ensejou a homenagem da comunidade ucraniana de União da Vitória ao poeta e herói da Ucrânia, com a instalação de uma estátua.

Rua Alexandre Schlemm - São Basílio Magno

União da Vitória - PR

Foto e texto: Visite União

Praça Hercílio Luz

Praça Hercílio Luz

A Praça era o local de passeio dos jovens de outrora e continua sendo palco de importantes manifestações populares. As construções do entorno remetem ao início do século XX. Durante a Revolução Getulista na década de 30, o próprio Presidente Vargas esteve na cidade, e da sacada do Hotel Internacional, fez um pronunciamento ao povo que se aglomerava na Praça. O Chafariz com Fonte Luminosa é o marco em homenagem ao cinquentenário da Emancipação Política de Porto União que ocorreu em 05 de setembro de 1967.

Praça Hercílio Luz - Centro

Porto União - SC

Foto e texto: Prefeitura Municipal de Porto União

Apoio

Prefeitura de União da Vitória

Patrocínio

Breyer naturais e orgânicos Steinhaeger Doble W Laboratório Galileu In Brasil Ervateira Capimar BWM Seguros Desigual Corretora de Seguros
V EBAR SUL - 2018 | 16 a 18 de novembro de 2018 em União da Vitória - PR | Moto Clube Bodes do Asfalto | Sub-Sede - Contestado PR/SC

V EBAR SUL - 2018

16 a 18 de novembro

Sub-Sede - Contestado PR/SC Moto Clube Bodes do Asfalto